Uroginecológica e Obstétrica

Fisioterapia Íntima? Uroginecológica? Urológica? Do que se trata?

A Fisioterapia Urológica (homens) e Uroginecológica (mulheres) é uma área de atuação fisioterápica que tem como objetivo tratar as disfunções relacionadas à musculatura intima região que chamamos de Assoalho Pélvico.

O Fisioterapeuta atua tratando as Incontinências Urinárias e Fecais (femininas e/ou masculinas), Urgências Urinárias, Prolapsos Genitais, Dispareunia (dor no ato sexual), Vaginismo (impossibilidade de penetração vaginal), Dor Pélvica, Dores relacionadas à Cistite Crônica e Gases vaginais entre outras disfunções.

Atua também durante o pré-operatório, preparando e fortalecendo a musculatura do assoalho pélvico para o procedimento cirúrgico. “Melhor costurar um tecido cerzido que um tecido poído”. Atua também nos pós-operatórios, onde promove além de fortalecimento muscular, melhora da irrigação sanguínea, melhora da consciência corporal, redução da dor e desconforto promovido pelo manuseio cirúrgico.

Para todos esses tratamentos a Fisioterapia dispõe de vários recursos, como: biofeedback, que promove estímulo visual durante o exercício proposto; eletroestimulação que serve de recurso para tratamento de dores, serve para inibição neural e para fortalecimento muscular; utiliza exercícios cinesioterápicos para melhora da consciência corporal e fortalecimento muscular; e outras técnicas como técnicas comportamentais.

A recomendação dessas técnicas é considerada como primeira opção de tratamento, pois não são considerados como procedimentos invasivos e visam buscar um equilíbrio biomecânico da musculatura pélvica.

A atuação desse profissional engloba a assistência a gestantes, com preparação da musculatura do assoalho pélvico para o parto, prevenção de diástase abdominal (separação dos feixes musculares, pelo aumento de volume abdominal), prescrição e acompanhamento de exercícios físicos para uma gestação saudável e equilibrada.

A Fisioterapia atua cuidando da região intima para tratar as disfunções do assoalho pélvico, colaborando com os outros profissionais que tratam dessas disfunções e promovendo uma melhor qualidade de vida.