Terapias Posturais e Pilates

Reeducação Postural Global-RPG (formação: Philippe Souchard):

 

A Reeducação Postural Global, ou RPG, é um método de fisioterapia que trata das desarmonias do corpo humano levando em consideração as necessidades individuais de cada paciente, já que cada organismo reage de maneira diferente às agressões sofridas. É uma técnica revolucionária que considera os sistemas muscular, sensitivo e esquelético como um todo e procura tratar, de forma individualizada, os músculos que se diferenciam na estrutura. 
A RPG é indicada em tratamentos ortopédicos (pés planos e cavos, joelho valgo ou varo, joanetes, escoliose, dor cervical, dor dorsal, dor lombar, etc.), neurológicos (hérnia de disco e labirintite), reumatológicos (artrites, artrose, bursite, tendinite), respiratórios (asma, bronquite), somáticos(stress, disturbios circulatórios e digestivos, etc). Sendo indicada não somente para quem sente dores, mas para quem busca o equilíbrio corporal. O tratamento é indicado para todas as faixas etárias.

 

Reeducação Postural na Bola Suíça:

 

Tem como objetivo a correção postural, fortalecimento e alongamento muscular, conscientização corporal, melhora do equilíbrio e relaxamento através de exercícios na bola. A bola fornece uma superfície instável, assim, a pessoa tem que recrutar quase o tempo todo os diferentes músculos estabilizadores. Esses músculos são mais profundos e nos exercícios em aparelhos ou máquinas de musculação acabam não sendo recrutados, pois o corpo fica estabilizado pelo aparelho e não por esses músculos. Dessa forma, os exercícios na bola fornecem um treinamento global para toda musculatura do corpo. Outra vantagem dessa técnica de exercícios é ter uma grande variedade de aplicações podendo ser utilizada com crianças, adultos, idosos e na reabilitação de pacientes, de acordo com suas limitações.

 

Isostretching:

 

Trata-se de uma ginástica preventiva e corretiva que fortalece o corpo, proporcionando bem-estar e um melhor aspecto estético. Proporciona ao praticante a consciência do movimento e o domínio do equilíbrio entre tensão e relaxamento, e a capacidade de contração e alongamento. Como benefícios, alonga, tonifica e deixa a musculatura mais flexível, corrigindo a postura.

 

Alongamento Passivo:

 

Alongamento muscular global com ajuda do fisioterapeuta.

 

Estabilização Segmentar:

 

Quando alguém efetua um movimento, os chamados músculos estabilizadores se contraem antes mesmo do movimento acontecer. Esta contração involuntária, no entanto, pode ser inibida em razão do cansaço, da presença de um trauma ou como resultado do sedentarismo do paciente. Com isso os demais músculos são sobrecarregados e provocam dor. A estabilidade vertebral depende da integração de três subsistemas, são eles: o sistema passivo (osteoligamentar), o ativo (musculotendíneo) e o neural ou de controle (sistema nervoso periférico e sistema nervoso central). Evidências científicas demonstraram que na presença de dor, fadiga muscular, degeneração e trauma ocorrem alterações na integridade dos sistemas, levando a perda do controle segmentar e conseqüentemente a instabilidade clínica e micro traumas. É na reeducação dos músculos estabilizadores que se baseia a estabilização segmentar.

Posturologia Dr. Bernard Bricot

Nosso corpo, seja sentado ou em pé, tem algumas funções complementares como: lutar contra a gravidade para manter a postura ereta, opor-se às forças externas, guiar e reforçar um movimento habitual nosso, e ainda nos equilibrar durante estes movimentos. Mais de 90% dos indivíduos apresentam um desequilíbrio postural. E ter este desequilíbrio é algo natural pelas atividades que temos, o problema é quando estes desequilíbrios causam patologias em nosso corpo. 

A maioria das alterações estáticas está ligada às deformações dos pés e ao desenvolvimento do passo. 

Mas tudo culpa dos pés? Que nada! Se as anomalias podais são as principais causas de descompensação postural, elas não são as únicas: a arcada dentária, a pele, a visão podem também modular a posição da cabeça e do tronco. 

As consequências são numerosas. A curto ou longo prazo aparecerão dores, enrijecimentos e contraturas, diminuição de movimentos das articulações (grande causa da artrose), queda do rendimento muscular, propensão a câimbras, distensões, tendinites, etc. 
Compreende-se imediatamente que tratamentos habituais não podem ser satisfatórios, pois se dirigem apenas às consequências e não às causas da dor ou sintoma. Somente o tratamento da alteração mecânica postural permitirá a cura do paciente.

Pilates

O método Pilates é um método de alongamento e exercícios físicos que se utilizam do peso do próprio corpo em sua execução. É uma técnica de reeducação do movimento, composto por exercícios profundamente alicerçados na anatomia humana, capaz de restabelecer e aumentar a flexibilidade e força muscular, melhorar a respiração, corrigir a postura e prevenir lesões.
Criado por Joseph Hubertus Pilates, alemão, de saúde frágil na sua infância, estudou diferentes formas de movimento durante toda sua vida. Aprofundou seus conhecimentos em anatomia física, biologia, fisiologia e medicina tradicional chinesa, dedicou-se ao fisiculturismo e também chegou a ser mergulhador, esquiador e ginasta. Foi para Inglaterra onde ganhava a vida como boxeador e na 1ª Guerra Mundial foi detido juntamente com outros alemães durante um ano. Atuou como enfermeiro e desenvolveu exercícios para manter a si e aos companheiros saudáveis. Usou as camas hospitalares e outros artefatos (cintos, lastros e molas) para fortalecer enfermos que ainda permaneciam deitados nas camas, onde iniciou o desenvolvimento dos primeiros protótipos dos aparelhos hoje conhecidos. Em 1918 houve uma epidemia do vírus influenza (gripe espanhola) matando milhares de ingleses e nenhum dos internos (enfermos) sob seu treinamento foram infectados. Anos depois, Pilates atribuiu a sobrevivência dos prisioneiros à epidemia, a execução dos exercícios, beneficiando sua saúde. Aos 46 anos, Pilates emigrou para os Estados Unidos. Na viagem de navio de Londres para Nova York, Pilates conheceu a enfermeira Clara e obtiveram afinidades por apresentar interesse pela saúde e como manter o corpo saudável, decidiram abrir um estúdio na Oitava Avenida, no mesmo prédio do New York City Ballet, e velozmente atraiu a atenção de dançarinos e artistas da cidade. Joseph Pilates viveu uma vida longa e saudável para os padrões da época, faleceu em 1967 aos 87 anos, em consequência de um incêndio na sua academia, na tentativa de salvar seus equipamentos, inalou uma quantidade excessiva de gases tóxicos. Desde então o método cresceu muito e hoje em dia não é mais usado somente como atividade física, mas também como reabilitação e tratamento postural para diversas patologias. A definição de Pilates para o condicionamento físico ideal é a obtenção e a manutenção do desenvolvimento uniforme do corpo, saúde mental e ser capaz de executar com facilidade, naturalidade e espontaneidade nossas várias tarefas diárias.
Todos os exercícios para Joseph Pilates eram baseados em fortalecimento muscular associado ao alongamento, por isso ele já dizia na época: “se um indivíduo tem 20 anos e está encurtado, é um velho. Porém se tem 60 anos e tem flexibilidade e força é um jovem.”

Benefícios

O Pilates é indicado para reabilitação física, condicionamento físico geral e bem-estar. Ele promove a harmonia, flexibilidade e equilíbrio muscular e, uma vez que a aula é supervisionada por um professor que orienta um aluno ou pequenos grupos, é direcionado às necessidades de cada pessoa. Desta forma, o Pilates pode ser praticado por pessoas de todas as idades e níveis de condicionamento físico.

· Correção postural
· Alongamento
· Fortalecimento muscular
· Consciência corporal
· Proteção das articulações
· Aumento da auto-estima
· Controle respiratório
· Condicionamento físico
· Coordenação motora
· Prevenção de lesões
· Equilíbrio entre corpo e mente
· Elegância de movimentos